domingo, 31 de maio de 2009

Salada Fria de pescada e legumes...

Ontem fiz pela 1ª vez este ano Salada fria de pescada e legumes. Ficou muito boa...aqui fica a receita.

Ingredientes:
- 3 a 4 batatas cortadas aos cubinhos pequenos
- 2 Chávenas de ervilhas
- 3 Cenouras aos cubos
- 1 Chávena de milho doce (opcional)
- Pedaçinhos de bróculos ou couve-flor
- 2 a 3 postas de pescada cozidas
- 3 ovos cozidos mais uma gema crua
- Azeite q.b.
- Sal e pimenta q.b.
- Sumo de limão q.b.
- Mostarda q.b.
- Maionese q.b.
- Alface cortada tipo juliana

Preparação:
Cozem-se os vegetais apenas o suficiente (convêm ficar riginhos), escoa-se a água e deixa-se arrefecer bem. Coze-se a pescada e os ovos, limpa-se das peles e espinhas, e desfaz-se em lasca.
Aos ovos descascam-se, um deles, abre-se ao meio e retira-se a gema e coloca-se numa tigela e desfaz-se, junta-se a gema crua, mistura-se bem e começa-se a juntar aos poucos o azeite e mexe-se sempre no sentido do relógio (não mexam ao contrário se não correm o risco de talhar a maionese). Vai-se deitando azeite e mexendo até dobrar o volume. Deita-se um pouco de mostarda e maionese, mexe-se bem, sumo de limão q.b, um pouco de sal e pimenta. Prove e retifique os temperos se necessário.
Leve ao frio. Lave a alface e corte em juliana. Se este prato for para servir em travessa, coloque os vegetais e a pescada na mesma, a alface em redor dos vegetais e por fim, coloque a maionese no centro. Está pronta a servir.
Bom apetite.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

O meu Bacalhau com Natas....

Não sou muito de fazer assiduamente esta receita, mas de vez em quando....

Ingredientes:
Para 4 pessoas
- 3 boas postas de bacalhau
- 2 pacotes de batatas palaha médio ou 1 grande
- 2 pacotes de natas
- Vinho branco q.b.
- Leite q.b.
- Polpa de tomate a gosto
- 1 cebola média a grande picada
- 2 dentes de alho picados
- Azeite q.b.
- Um molhinho de contros (facultativo)
- Pimenta q.b.
- Noz moscada q.b.
- Margarina
- Queijo Mozarella ralado ou pão ralado

Preparação:
Põe-se o bacalhau a cozer, depois retira-se as postas, deixe arrefecer, limpa-se das peles e espinhas, e desfaz-se em lascas.
Numa frigideira funda (um Wook por exemplo), coloca-se a cebola finamente picada e também o alho e leva-se ao lume com o azeite, até que a cebola fique translúcida.
De seguida deita-se o bacalhau, deixa-se este tomar bem o gosto do azeite.
Depois deita-se a polpa de tomate, mexe-se bem, deita-se o vinho branco, nesta altura o preparado parece um pouco líquido, é a altura de deitar as batatas palha, mexe-se bem para que tomem o gosto do bacalhau, se estiver muito seco, deita-se aos poucos leite e eventualmente até um pouco da água do bacalhau.
Prove, em príncipio não haverá necessidade de sal, pode aromatizar com um pouco de pimenta.
Se tiver um molhinho de coentros, pique-os e coloque por cima.
Para fazer o molho béchamel, deita um bom bocado de margarina num tacho, deixe derreter, de seguida deite 4 a 5 colheres de sopa de farinha de trigo (o preparado vai ficar tipo uma massa), começe a deitar a água do bacalhau aos poucos e vá sempre mexendo, quando o preparado estiver já em creme, mas ainda bastante grosso, está na altura de deitar as natas (os dois pacotes).
Mexa bem, retifique o sal, coloque um pouco de noz moscada, um pouco de pimenta, e um pouco de sumo de limão.
Deite o preparado do bacalhau, num tabuleiro de ir ao forno, de seguida deite o molho por cima, envolva bem os dois preparados, coloque a mozarella ou o pão ralado por cima, leve ao forno, até que o preparado já não pareçe tão líquido.
Desligue o forno e deixe gratinar (forno eléctrico) um pouco.
Sirva com uma boa salada.
Bom apetite.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Aqui fica uma sobremesa fresquinha para combater este calor... assim que puder vou colocar aqui a receita do meu Bacalhau com Natas (com direito a foto e tudo...)

Mousse de Côco
Esta receita foi retirada da revista Mulher Moderna na Cozinha, nº 138 Setembro 2007.

Ingredientes:
- 6 Folhas de Gelatina incolor
- 200 ml. Natas
- 10 Colheres sopa açúcar
- 4 dl Leite Coco
- 3 Claras
- 50 gr. Amêndoa torrada e moída
- Coco fresco q.b.

Preparação:
Demolhe as folhas de gelatina em água fria. Bata as natas e adicione-lhes metade do açúcar, bata mais um pouco. Misture o leite de coco e retire três colheres de sopa deste preparado.
Junte as folhas de gelatina e leve a lume brando para a gelatina se dissolver.
Junte este preparado ao restante, bata as claras em castelo e adicione-lhes o restante açúcar, batendo mais um pouco.
Envolva-as no preparado anterior. Deite em taças e leve ao frigorífico até gelar bem. Sirva polvilhado das amêndoas torradas e do coco fresco.
Bom apetite.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

A gastronomia em Portugal...

Pesquisa in http://www.copacabanarunners.net/culinaria-portuguesa.html
http://pt.wikipedia.org
http://www.montalegre-do-cercal.com

Ao ouvir falar deste tema, todos pensamos que conhecemos muito bem a nossa gastronomia, no entanto basta fazer uma pequena pesquisa na Net para ver que isso não é bem assim...
A nossa gastronomia, não é só o bacalhau, os enchidos, as tripas, etc... é muito mais que isso, tem muitas inspirações, desde a cozinha mediterrânica, ás antigas colónias portuguesas (podemos verificar isso, pela quantidade e variedade de temperos que usamos), também temos influência árabe e moura, principalmente no sul de Portugal, onde o alho é muito utilizado, tal como as ervas e a salsa.
A dieta mediterrânica, tem como base o pão, o vinho e azeite, acrescentando-lhe os produtos hortícolas, que podemos apreciar nas mais variadas sopas, não esquecendo claro está os frutos frescos.
Temos os mais variados pratos de carne, como exemplo disso temos por exemplo o Cabrito assado no forno,Carne de porco à alentejana, entre outros.
No entanto, temos uma panóplia considerável de pratos de peixe e mariscos, não esquecendo claro está o nosso bacalhau, alguns dos pratos mais conhecidos são então o Bacalhau assado com batatas a murro, a Caldeirada, não esquecendo claro está, as nossas Sardinhas assadas, acompanhadas com broa de milho, ou pimentos assados.
Tal como em outros lugares, o engraçado é ver como os pratos regionais podem ser preparados de maneiras tão distintas em duas cidades vizinhas, sob o mesmo nome, pratos esses que podem diferir bastante na forma de confecção, ainda que partilhem a mesma receita como base.
Quanto à doçaria portuguesa, é uma interminável lista de coisas para nos adoçar a boca, assim como fazer esquecer a mais rigorosa dieta. Deixo apenas alguns exemplos, tais como, os Pasteis de Nata, os Ovos Moles de Aveiro, as Tigeladas de Abrantes, a Lampreia de Portalegre e a Sericá (ou sericaia) do Algarve.
A gastronomia portuguesa não estaria completa se não se falasse dos seus vinhos, tão afamados, desde o clássico Vinho do Porto, ás regiões demarcadas tais como, o Alentejo, o Douro, o Dão, Terras do Sado e Bucelas, entre outras.
Muito falta para dizer sobre o que se come em Portugal, mas na generalidade, aqui fica uma ideia, do que melhor Portugal têm... os nossos sabores tão característicos!

sábado, 23 de maio de 2009

A sobremesa não podia faltar...

Bolo de Bolacha diferente

Ingredientes:
- 1 Pacote de Mousse de Chocolate Branco instantâneo
- 2,5 dl de leite para a mousse
- Bolachas Maria ou torrada
- 2 dl de água + 2 colheres de sopa de café
- Rodelas de ananás (guardem 1 a 2 rodelas para enfeitarem)
- 1 pacote de Natas

Preparação:
Prepara-se primeiro a mousse, depois faz-se o café para molhar as bolachas.
De seguida, o doce pode ser montado como se fosse um bolo de bolacha ou então num pirex para ir a gelar.
Começa-se por molhar as bolachas, corta-se pedaçinhos de ananás e depois cobre-se com um pouco de mousse, e assim sucessivamente até acabar a mousse, no fim bate-se o pacote de natas em chantilli e cobre-se o bolo, vai a gelar e antes de servir enfeita-se com ananás, cerejas cristalizadas (caso apreciem) e raspas de chocolate (branco ou preto, conforme o gosto).
Bom apetite.

Aqui fica uma sugestão para o fim-de-semana....

Bacalhau com presunto
(Esta receita é baseada na receita de “Bacalhau com Chouriço”, da Mulher Moderna de Dezembro 2006)

Ingredientes:
Para 4 pessoas
- 4 Postas de Bacalhau demolhado
- 200 gr. de fatias de presunto
- 6 Dentes de Alho
- 1 dl de azeite
- Batatas pequenas q.b

Preparação:
Ligue o forno a 200º C. Envolva as postas de bacalhau nas fatias presunto. Se achar necessário ate-as com fio de cozinha ou simplesmente espete palitos para manter as fatias no sítio.
Esmague os alhos e coloque-os num tabuleiro. Depois coloque as postas do bacalhau e as batatas já descascadas. Regue com azeite e leve ao forno até achar que as batatas estão assadas, vá regando com o azeite.
Bom apetite.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Arroz de Marisco

Arroz de Marisco

Ingredientes:
- Salada de Marisco (podem encontrar á venda já congelado, inclui miolo de camarão, amêijoa, berbigão, mexilhão, delícias do mar, ás vezes vem também lulas)
- Camarão inteiro (por descascar, cerca de 4 por pessoa, dependendo da vontade de quem vai comer)
- Pedaços de marisco por descascar (pernas de sapateira, lavagante, etc. Facultativo)
- Alhos pisados (2 a 3 para cozer o marisco)
- Folha de Louro lavada
- Azeite
- Um pouco de molho inglês (ou molho de soja)
- Casca de cebola lavada (para dar cor ao marisco)
- 1 Caldo de marisco
- Água q.b. (para cozer o marisco, a água têm que tapar o marisco)
- 2 a 3 chávenas de arroz (por cada chávena de arroz são duas de água de cozer os mariscos e mais um bocadinho
- Sopa de marisco em pó (1/4 de um pacote)
- Coentros (facultativo)

Preparação:
Leva-se os mariscos a cozer q.b. (é melhor ir experimentando), com água, os alhos, a folha de louro, um pouco de azeite, o molho inglês, a casca de cebola e o caldo de marisco.
Depois com a escumadeira tira-se tudo o que está na água, deita-se fora os alhos, etc.
De seguida mede-se a água, tendo o cuidado de por sempre um pouco mais que a medida, dissolve-se a sopa de marisco e deixa-se ferver. Coloca-se então o arroz, tendo o cuidado de o mexer de vez em quando para não pegar ao fundo do tacho.
Quando estiver quase cozido, coloca-se os mariscos, deixa-se levantar fervura e está pronto. Para quem goste pode sempre picar um pouco de coentros.
Deve ser servido quente acompanhado de uma boa salada e um bom vinho verde.
Bom apetite.

Por entre Tachos e Panelas

Olá a todos! Este blog existe, por gostar muito de cozinhar um pouco de tudo, desde comida de prato, a doces e até a confecionar pão...
Começei por colocar as minhas receitas no meu outro blog http://bluestrass.blogspot.com/, mas como já existia muitas receitas e também com o intuito de melhorar, pois culinária não é só fazer comer, é gostar de aprender coisas novas, pesquisar sobre outros povos, outras tradições... Também significa na minha nova condição de futura mamã, enfrentar uma nova etapa, colocar aqui as experiências que farei com a comida do Vicente daqui a uns meses e partilhar com quem tiver o gosto de vir visitar este cantinho...
Boas vindas a todos e todas, espero que gostem e façam o favor de comentar!

Jokas para todos!
Sandra C.

De volta aos tachos...

Como já devem ter se apercebido está pagina ganhou um novo ar! Vamos lá ver se consigo manter este cantinho actualizado. Mais algumas novi...